segunda-feira, 15 de março de 2010

Amar sem nunca ter beijado 6°cap.

Com uma voz suave e um olhar apaixonado ela me diz:
            - Cezar, me promete ma coisa?
- Claro o que você quiser. Respondi com um sorriso no rosto.
- Promete que vai me amar pra sempre? E que vamos ficar juntos a vida toda?
Nesse momento não sabia o que responder me veio mil e uma coisas na mente e destas, mil eram a Jú, como eu queria que fosse ela ali neste memento me dizendo isso tudo. Mas não era, e o pior, era alguém que eu gostava e não queria magoar dizendo, - Eu amo outra garota.
Vi-me ali, tendo que tomar uma decisão em segundos, que poderia mudar a vida de alguém.
É lógico que minha resposta foi sim, mas e daqui a três meses? Daqui a três meses e vou de novo à casa da minha prima, e provavelmente encontre a Jú lá e isso pra mim vai ser doloroso.         
            - Claro meu amor. – Respondi meio inseguro. E em um impulso ela se levanta e me beija.
O que será de nós agora? Mas a verdade é que eu acho que devemos amar quem esta perto da gente, a Juliane esta longe e talvez nunca vamos ter alguma coisas.

            É chegado o fim de ano e eu vou pra casa da Camila, hoje é dia dezessete de Dezembro e provavelmente eu volte daqui uns vinte dias, passei o dia todo com a Jê e agora a noite embargo pra casa da minha prima.
            No ônibus eu vou lembrando-se de tudo, mas principalmente da primeira vez que fui a casa dela, eu nem imaginava em encontrar uma garota perfeita e agora estou indo lá só pra ver ela.
            Ao chegar à casa da minha tia a noticia de que ela viria no outro dia me deixaram feliz e ao mesmo tempo inseguro. Estava eu deitado no sofá quando ouvi a voz dela, meu coração bateu forte, e nem tive coragem de ir até La. Ela caminhou até o quarto, trocou de roupa e ao sair o encontro que esperei um ano para acontecer, ela estava linda, ainda tinhas os cabelos longos e loiros, vestia um vestido vermelho, e um laço com uma fita no cabelo a deixava ainda mais linda. Nossos olhares foram imediatos a mesma direção, seu sorriso era como um encaixe ao meu, o tempo parou para a gente nesse momento, o seu silêncio me dizia o quanto foi dolorosa a saudade, mas que agora estava tudo bem.
            Nesta noite ela foi dormir na casa de sua avó junto com a Camila, na outro dia só minha prima voltou, quando ela chegou na porta de casa disse:
            - Primo, a Jú falou que... Continua no próximo post.


PS1.: E ai o que será que ela falou? Me sinto curioso, COMENTEM!
PS2.: AAH, mudei o disigner do blog, gostaram? Eu ADOREI. E as hstórias estam dividias  ali ao lado

Beeijos e se cuidem. AMO VOCÊS Obrigado por tudo!

CAMPANHA: mande uma frase sobre o que você acha do Blog: com uma foto e link do Twitter para: cezar_fruhauf@yahoo.com.br

3 comentários:

  1. Nossa, acho que ela vai dizer que não está mais afim dele e que está namorando um carinha será?! Ai to louca pra saber. rsrsrs
    E o blog ta maneiro. :*

    ResponderExcluir
  2. ai eu quero saber,oq ela falou? aaaaaaaa,muito curiosa. *-*

    ResponderExcluir