quarta-feira, 6 de julho de 2011

Fim

Eu sei que é muito atrasado para avisar isso, mas precisava de um post oficial.
O "Garotos Também Amam" encerou suas atividades, e não haverão mais historias,
Mais se você chegou até aqui, por alguma pesquisa do Google ou alguma coisa assim,
eu ainda escrevo, então se você quiser continuar a ler algumas coisas aqui vai o link do meu Tumblr: (É só clicar na imagem)

tumblr-logo-blog


Beijos e abraços


http://escrevipravoce.tumblr.com/



terça-feira, 28 de dezembro de 2010

As Cartas de Braian 02°cap.


Sara Miller, a garota mais incrível que eu já conheci, mas antes eu preciso contar como cheguei ate aqui.

Minha mãe me matriculou no Colégio Mariano Lopes, e confesso que era o pior colégio que já vi na vida, as pessoas eram estranhas e me olhava o tempo todo, perguntava de onde eu vim quem eram meus pais, mas eu nunca os respondia, vivia sempre calado em um canto do colégio e não assistia a maioria das aulas, comecei a fumar primeiro dois cigarros por dia, depois três, ate conhecer alguns colegas e começar a freqüentar festas e beber, ai os cigarros eram mais freqüentes uma ate duas carteiras por dia, e cerveja, sim cerveja a todo o tempo, as brigas no colégio também se tornaram freqüentes, eu era tão “arrisco” que qualquer olhar torto eu já partia pra briga, Breno um cara que se tornou meu amigo, o único por sinal, parecia ter os mesmo problemas que eu, a diferença é que os pais dele o abandonaram com os avos quando ele tinha 12 anos, e ai virou rebelde, formamos uma dupla e tanto, todos no colégio temiam a gente, e em casa com os conflitos do colégio, meus pais brigavam, e cada vez mais estava decidida a minha volta aos EUA, era isso o que eu mais queria, era a única coisa que eles diziam que eu aprovava.
Fui expulso por diversas vezes, ou por brigar, ou por matar aulas, ou por desacatar professores, e agora fui avisado que seria a ultima vez, que se não tomasse jeito teria que mudar de colégio, desta vez pegaram eu e Breno bêbados na cantina do colégio, riamos como dois idiotas, ele, foi expulso, definitivamente, e eu por insistência dos meus pais, tive uma segunda chance, mas tive que participar de atividades no colégio para ocupar meu tempo, durante a manha eu ia as aulas, e a tarde, todos os dias alguma coisa diferente, segunda natação, terça aulas de violão, quarta teatro e foi nesta quarta feira que conheci Sara, ela fazia aulas de teatro, as quais eu fui destinado a freqüentar.
Mas agora mais do que nunca eu me tornei um garoto calado, solitário, e foi ali, nesta solidão que eu encontrei as poesias, primeiro vieram os livros e o fascínio por eles e depois a escrita, já passei tardes escrevendo e lendo sem perceber o passar das horas, as palavras pareciam que ficaram ali escondidas caladas este tempo todas, como se esperando o dia certo de eu as encontrar. CONTINUA NO PRÓXIMO POST.

                   ----------o---------

Curiosidade: As Cartas de Braian mistura ficção com realidade, resta a você querido leitor, decifrar 

beijos, @cezar_rawr

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

As Cartas de Braian 01°cap.



Ate quando um coração suporta a dor da separação?
Vivemos longe um do outro cinco anos, durante cinco anos eu nunca a vi, durante cinco anos, eu escrevi milhares de cartas, cartas estas que hoje encontrei no porão da casa dos meus pais, eu não consigo ter raiva deles por terem feito isso com a gente, e ao mesmo tempo eu quero fugir, e esquecer que um dia vivi neste país, esquecer que um dia fui capaz de amar.
    Não quero mais ouvir desculpas, e nem lamentações, o tempo se foi e não volta mais.
    Não quero mais cruzar olhares e sentir meus olhos se encherem de lagrimas.
    Quero esquecer que respiro achar que estou morto, deixar a vida pra lá.
    Não quero mais olhar em teus olhos, e ao mesmo tempo quero morar neles pela eternidade.

                                                    ---------------o------------------


Meu nome é Braian Moore, nasci no dia 19 de Outubro de 1984, em Chapel Hill na Carolina do Norte para onde eu provavelmente volte quando completar 18 anos, para fazer faculdade, eu digo provavelmente porque não é o que eu quero e sim o que méis pais querem, eles dizem que estudar la o melhor para meu futuro, e que uma oportunidade dessas para um garoto da minha idade é a mesma coisa que ganhar na loteria, quase impossível, mas não foi sempre assim, antes eu contava os dias para voltar aos Estados Unidos, hoje, eu conto os dias que faltam para voltar para cá.
Quando meus pais vieram para o Brasil eu tinha quinze anos, eles vieram pra cá porque meu pai foi transferido em seu emprego, a empresa passava por um ótimo período então abriram filiais em vários países e como meu pai tinha dupla nacionalidade por ter se casado com minha mãe que é brasileira acabamos vindo para o Brasil.
As brigas sempre foram constantes, primeiro por ter vindo morar aqui, e agora por não querer mais voltar.  Eu nunca quis admitir, mas o motivo disso tudo sempre tiveram um nome, apenas um, o mais lindo dos nomes.  CONTINUA NO PROXIMO POST!


                                         -------------o---------------


Voltei, :D
Acho que ninguém mais passa por aqui ne? Desculpem abandonar isso aqui assim,
Aconteceram tantas cosias que me impediram e tiraram minha criatividade que acabei abandonando aqui, mas agora esta tudo certo. 

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Meu amor tem seu nome 03°cap.

A banda tem tudo pra ser um grande sucesso, agrada a todos que a ouvem, e a paixão dele por Sara o faz compôs canções lindas, fora dos momentos de ensaio, Tiago e seus amigos estão aqui pra se divertir.
 Eram 14h45min e começavam os preparativos pra feste de hoje à noite, Djei e Tony saíram para comprar bebida e mais algumas coisas, Tiago vai à praia, experimentar o surf, nunca surfou antes, e a sensação de primeira vez, o deixava entusiasmado.
Na praia, encontrou com um grupo de turistas que se preparava para uma aula básica de como se manter em uma prancha de surf, Tiago juntamente com mais uns 10 alunos prestavam atenção a tudo o que o instrutor dizia. Duas horas depois la estavam todos, no mar surfando, após alguns tombos todos conseguiram surfar sua primeira onda.
Bom, o que ninguém sabe nesta historia toda, é que na verdade eu sou o Tiago, e Sara é o amor da minha vida.
Naquele dia na praia eu não poderia imaginar no que ira ver, ou melhor, quem eu ira ver. Ao sair do mar, em direção a um quiosque, e sentar-me em uma cadeira em baixo de um guarda-sol a beira da calçada, no outro lado da rua, eu observei atentamente duas garotas caminharem, quando o impossível aconteceu, uma delas era loira, e tinha o caminhar mais suave que eu já tinha visto, sim, era ela, mas como, ela não me disse nada na ultima vez em que conversamos, ela sabia que eu estaria aqui. Antes mesmo de pensar em sair correndo atrás delas, elas entraram em um carro e se foram. Bom Florianópolis é grande, mas não deve ser tão ruim achar alguém que sabe que eu estou aqui também.  

COMENTEM MUITO, O comentario é a inspiração do blogueiro !

Ps1.: sei que isso não tem desculpa, mas desculpem a demora, estou de ferias e quis aproveitar um pouco.
Ps2.: Dedico essa historia a alguém, sei la, alguém que eu devo mil desculpas? ou mil agradecimentos? ainda não sei, apenas alguém. Um amor impossível? Talvez, mas dizem que o impossível, as vezes se torna possível. 
Ps3.: NUNCA, me peça quem é a pessoa(garota) ela saberá quem é, e você, bem, não quero ter que mentir, ok?



beeijos < 3

terça-feira, 6 de julho de 2010

Dica de hoje: Querido John - O Livro

Aposto que você já ouviu falar no nome “Querido John” ? Sim virou filme, de uma olhada no Trailer:



vai ser LINDO *-------*

Mas eu vim falar do livro, apesar de estar morrendo de vontade de assistir ao filme, vou ler o livro primeiro *-* o livro vendeu so nos EUA 5milhões de copias.


Não se consegue parar de ler nem um minuto.

Querido John

O Que Voce Faria Com Uma Carta Que Mudasse Tudo?
Autor: SPARKS, NICHOLAS
Tradutor: CIA, PATRICIA DE
Editora: NOVO CONCEITO
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA - ROMANCES



Sinopse:


Quando Savannah Lynn Curtis entra em sua vida, John Tyree sabe que esta pronto para começar de novo. Ele, um jovem rebelde, se alista no exército logo após terminar a escola, sem saber o que faria de sua vida. Então, durante sua licença, ele conhece Savannah, a garota de seus sonhos. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah jure esperá-lo concluir seus deveres militares. Mas ninguém pôde prever que os atentados de 11 de Setembro pudessem mudar o mundo todo. E como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu amor por Savannah e seu país. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, John descobre como o amor pode transformar as pessoas de uma forma que jamais poderia imaginar.

Meu amor tem seu nome 02°cap.

Mas no fundo Sara estava ali por outro motivo, em algum lugar da cidade, estava Tiago, um jovem garoto que ela conheceu alguns anos antes, ela nunca ficou com ele, a o amor que ela sente é maior que qualquer um neste mundo, mal sabe ela que esse amor adormecido só precisa de um encontra pra vir a tona, seus olhos brilhavam quando olhava suas fotos, na verdade, ela nunca viu ele, um amor diferente, um amor quase impossível, mas que agora se tornava tão fácil de acontecer, tudo parece ser possível.


Agora mais do que nunca ela passou a sonhar, a voltar a viver. Eles já aviam combinado outros encontros, mas nunca deram certo, este, não é para ser um encontro, afinal Tiago nem sabe que ela esta na mesma cidade que ele, e se soubesse, com certeza não ficaria parado ate a encontrar. Mas do que tudo, ele a ama também, o que os impede, são apenas uns mil quilômetros, Sara, mora em São Paulo, Tiago é paraense, eles tem a mesma idade, mas pensamentos diferentes. Sara quer estudar, se formar, e ser uma engenheira como é o sonho de sua mãe, enquanto ele, é o tipo de garoto errado que toda mãe quer longe de sua filha, não entrou na faculdade ao terminar os estudos, ao contrario, deu vida a seu grande sonho, ter uma banda, e seu amor por Sara fez com que ele agarrasse com todas as forcas essa idéia, pra ele o jeito, mas fácil de estar presente dela, era nas horas que se encontrava sozinho, so ele, um violão, e pedaço de papel, as musicas feitas pra ela, agradavam a quem as ouvisse. Tiago não era um garoto rebelde, ele estudava muito, mas sobre musica, sua vida se tornou musica, ele e os outro quatro amigos que formavam a banda, nunca se separavam, estavam todos ali em Floripa, com mais amigos, sua vida era rodeada de amigos, mas ele não gostava muito de festas, gostava mesmo era de estar no palco, de sentir a emoção das pessoas, o sucesso da banda começava a aparecer, as letras feitas para Sara, já estavam nos celulares e ipod’s de amigos que cada vez mais passavam-nas a diante, lembro-me de um dia estar no mercado, e o telefone de alguém começar a tocar, a voz e a letra da musica que saia do celular era a de Tiago, ele quase chorou, seu sorriso se abriu, a garota não conhecia quem tocava a musica, e nem ele quis se apresentar, apenas ficou olhando a garota atender o telefone e sair lentamente do supermercado. Continua no próximo post... COMENTEM!!



PS.: Eu to amando escrever isso, sério nunca gostei tanto de escrever uma historia como estou gostando desta, espero que vocês gostem ;D


-------------------------------------------------------------------------------------

Bom, ontem veio uma garota no meu MSN pedir uma dica de livro, eu achei isso tão bom que resolvi postar aqui todo dia um bom livro pra que vocês possam ler ; D


Vou fazer um post extra com dicas sobre leituras :P vejam la ;D

@cezar_rawr

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Meu amor tem seu nome 01°cap.

31 de Dezembro de 2006, a Lua esta iluminando a noite como todos os outros dias, mas a diferença de hoje é que Tiago estava a admirá-la, não pela sua beleza, nem pela sua luz, mas é por que tinha nela um símbolo de amor, paixão, e é claro, de felicidade agora. Faltavam poucos minutos para o ano acabar, faltava poucos minutos pra ele fazer coisas que talvez nem ele acredite, na busca por um grande amor, ou pelo menos uma paixão, resolveu aderir às superstições que algumas pessoas aderem. Ele nunca acreditou em horóscopo, mas todos as manhas estava la, lendo-os no jornal, e acho que a maiorias das pessoas fazem o mesmo, que diferença faz este ano, vestir branco e vermelho, pular sete ondas? Ele quer apenas paz e um grande amor no coração, sentia que já estava a meio caminho andando.
Estava a uma semana em Florianópolis, Tiago e seus amigos estavam ali apenas pra se divertir, a praia estava sempre cheia, a festa erra grande, alguns fogos já apareciam, as festas então rolavam sem parar a todo o tempo, e ele estava no meio disso tudo.

Do outro lado da cidade, chegava há Florianópolis dois dias antes, Sara uma garota linda, uma mulher formada, 19 anos, olho verde, cabelos longos loiros, vinha à cidade depois de muita insistência por parte dos amigos, ela não era muito a fim de festas, e não fazia amigos com muita facilidade, demorava a pegar confiança em alguma pessoa. Talvez a exigência da mãe em transformá-la em uma engenheira renomada, a fez estudar de mais e manter um pouco de distancia dos amigos. Ela nunca viveu um grande amor, não foi por falta de tentativas, nem por falta de candidatos, foi por falta de interesses mesmo, ela preferia ficar em casa, ler um livro, do ir a uma balada, sair com os amigos. Mas agora, não teve como fugir, ela tinha prometido, se passasse no vestibular este ano, iria viajar com os amigos, e ali estava, algumas amigas já ate tentavam dar uma “empuradinha” na amiga pra ela ficar com Bruno, mas todas sem sucesso. Continua no próximo post.



Ps1.: Aaaah Primeiro capítulo de mais uma historia linda,


Continua amanha @cezar_rawr